Sinamge – Sindicato Nacional das Empresas de Medicina de Grupo é o sindicato que representa as empresas de medicina de grupo do setor de saúde suplementar no Brasil. Tem como escopo assessorar e representar interesses gerais das empresas privadas de plano de saúde e os interesses individuais das associadas junto às entidades públicas e privadas, e participação nas negociações e celebrações de contratos coletivos de trabalho da categoria medicina de grupo, em atuação no território nacional.

Em 1986, mais de 250 empresas operadoras de planos de saúde já haviam se constituído. Atendiam cerca de 13 milhões de pessoas, empregando perto de 15 mil médicos e 35 mil funcionários nas diversas áreas de saúde e administrativa, atuando com 55 hospitais próprios, 6.500 leitos, 500 ambulatórios e um sem-número de serviços auxiliares.
 
Marco Antonio de Viegas Lobo, presidente da Regional Abramge de Minas Gerais foi quem teve a ideia, propôs e defendeu a criação de um sindicato para o setor. A despeito dos esforços de várias diretorias da Abramge, o setor não fora ainda reconhecido como categoria econômica. Atendendo à legislação, foi organizada a entidade precursora, dirigida por Alexandre F. M. Lourenço, até que, no dia 15 de setembro de 1986, o então ministro do Trabalho Almir Pazzianoto outorgou a carta sindical, reconhecendo-o como tal, e era criado o Sindicato das Empresas de Medicina de Grupo do Estado de São Paulo, cuja presidência foi assumida por Mário Martins Filho, confirmado no cargo na primeira eleição da categoria, realizada em março de 1987, sendo sucedido por Antonio Vial. Poucos meses depois era concedida a extensão territorial ao novo sindicato, com abrangência em todo o país e nova denominação: Sindicato Nacional das Empresas de Medicina de Grupo (Sinamge).

Propósito do Sistema Abramge

Garantir o acesso da população brasileira à saúde suplementar defendendo a sustentabilidade das operadoras de medicina e odontologia de grupo.

Visão do Sistema Abramge

Ser referência na defesa e na proposição de melhorias no sistema de planos de saúde, estimulando a ampliação da cobertura populacional e o desenvolvimento institucional.

Valores do Sistema Abramge

Ética, Integração, Comprometimento, Determinação e Disseminador de Conhecimento.